27 de março de 2009

Direção


Me diga você!

do seu planeta solitário, que já foi tido melancólico,
onde você cultivava uma flor triste e bela,
para onde vamos quando virarmos pedras?
E quando virarmos pó?

para onde vamos, quando o fio que une as pessoas começar a gritar de dor?
e se o fio se partir, para onde vamos?

e quando tudo perder o sentido ...para onde?
e quando deixarmos de acreditar em nossas vontades... para onde?
para onde?
para onde...............

e quando o corpo doer demais para sorrir?Seguimos? Para onde vamos?
Iremos?
Para onde se encaminha quando acabou o chão?
Para onde se vai quando precisamos de afeto palpável?
Para onde?
Para onde?
para onde?para onde...............

Para onde ...quando do lado direito só restar solidão...para onde?
E se o lado esquerdo já tiver petrificado?
Petrificou...existe onde ir?

Quando o sol se apagar na vida da gente, para onde?
e quando todos te querem "tão" bem...mas ninguém se
importa realmente...para onde ir?
Existem mesmo lugares?
e quando pelo caminho pularmos as carcaças ...para onde ir?

E se amanhã continuar chovendo,
Para onde? Em busca de abrigo?
Para onde?
Para onde vamos quando a tristeza se apoderar?
e se as noites pararem de dormir...para onde?
e se a imensidão nos levar por aí e nos deixar vagando?
Onde iremos?

2 comentários:

Alana disse...

Quando não houver pros lados caminho sem mato ou medo, a gente ainda tem pra onde ir, eu garanto.
O caminho pra cima está sempre livre e esperando. Ele está sempre sorrindo e estendendo as mãos pra nos ajudar a caminhar até lá...ah, sim, minha querida. Acredite, Ele está!

Marcos disse...

o melhor é ir ficando por aqui enquanto não nos expulsam...