25 de julho de 2011

Apenas mais de Maria


Sou unicamente
Aquilo que de mim fizeram

Adoradora do sol
Distante do universo comum
Triste, através dos olhos
Aconchego para alguns…

Simples falta de perdão
E mais algumas
Linhas mal desenhadas pelo tempo

Daqueles que mal me queriam
Do bem que me roubaram
Vazio deixado no prumo da história

A única Maria restando
O que resta depois do silêncio

Apenas,
mais de Maria...

Amne



Fotografia- Lee Jeffrie

2 comentários:

Thati Dias disse...

Lindo, amiga!
Beijocas

Marcos disse...

Parece utopia,
Mas existe o bem.
Existe bem demais no mundo.
Se roubam o nosso,
Podemos arranjar outros.