20 de julho de 2013

Sempre

Hoje me dei conta que a graça de viver
é se deparar com o amparo sublime de quem
realmente nos quer bem.
Sempre é você que me recolhe nos braços.
Sempre será?
Amne

Um comentário:

Elizabeth Mattos disse...

Tenho acompanhado os teus poemas. Como tenho um BLOG amorasazuis.com
pelas amoras cheguei ao teu. E gosto muito de muita coisa, inclusive as fotos que acompanham...Escrever é um desafio, não podemos desistir! Parabéns! Beth Mattos