4 de agosto de 2013

Just one breath



Saudades do que sonhei.

O meu seu ideal
o tempo para cada coisa
A vida surpresa do amanhecer
Coisas que mudei em recheios alheios
andam me fazendo falta, e por aqui...
Tranquei meu baú...
Perdi as chaves e ferramentas
Vesti meus velhos pares de tênis
acalentando os despotados da lembrança.
... todos nós demoramos demais para compreender...


Amne 

Um comentário:

CLEIDE REGINA ESCRITORA disse...

MARAVILHA DE TRABALHO POÉTICO,PARABÉNS!