20 de setembro de 2008

Eu
solta no espaço
cheia dos ventos
por todos os lados
sem pretensões
onde irei parar?
cheia de esperança tristonha
quem sabe eu desça antes do escurecer?
Amne

Um comentário:

Elis disse...

Com que delicadeza você faz essa colcha de retalhos menina!
O blog é todo belo! :)
Beijoss