30 de agosto de 2009

Papo no boteco


Uma discussão sobre a vida ou sobre o amor?
O fato é que amar muda tudo.
Um amigo já largou uma faculdade e até mudou de cidade para seguir um amor,para quem está curioso, a história terminou cedo, mas ele sempre tem alguma história pra contar, e fala com carinho da aventura.
Outra deixou de prosseguir pra mantêr um amor...se enche de orgulho pela escolha feita.
Na mesa ninguém escapa da dor do amor...de um jeito ou de outro, até o mais durão sofreu fundo por uma louca paixão.
Tem uma menina que é incrível, hoje falando com ela me contou de um amor barato que lhe apareceu outro dia.Eu disse pra ela "Amar é essencial, pena que sempre escolhemos errado pra quem ofertá-lo", mas o errado deve ser o certo.
Porque sofrer e viver um amor, é o que molda nosso coração até o ponto mais certo da vida.
Algumas pessoas insistem em dizer que nunca amaram, eu acho provável nunca terem sido amadas, mas amar é algo que vem com a gente e começamos bem cedo, lá no jardim da infância. Olha o que meu filho falou hoje sobre o amor:

"O amor é um coração que fala, eu acho que é isso mãe
Quando o papai do céu faz uma mulher feita igual à ele
O homem...Aí ele se sente do amor.Eu por exemplo to com amor pela Ana...Quando eu crescer vou falar pra ela.Que ela é minha alma gêmea...
Eu tenho amor de você também
Mas não é de alma gêmea...
É do tamanho do universo todo
Mas não tem coração
Entendeu?Eu já me apaixonei pela Ana
Quando a gente era pequeno
Eu acho ela bonita.Acho que só pode ser um amor
Mas meu coração só bate forte quando eu to correndo...não quando ela chega.
Eu acho muito legal quando ela prende o cabelo
Agora preciso descobrir onde ela mora,
você sabe?" Transcrição Literal

Viram como é simples e complexo se viver um amor, ele simplesmente acontece.
Hoje meio atordoada fiquei, ao ver tanto amor em um menino de 6 anos...
Como um menininho fala em alma gêmea? Como distingue amor com e sem coração?
Como pode se dizer apaixonado?
É...Parece mesmo que ninguém escapa.

Amne

2 comentários:

Elis A. Martins disse...

Post maravilhoso!

Seu filho é incrível Amne.
O fato é q o amor é mesmo mto simples, mas a gente teima em enfeitar, colocar indagações, e ficar divagando nisso. Quando, num momento inesperado, ele acontece.
Sem as teorias que tanto criamos na nossa cabecinha ^^

Beijos

Vanessa disse...

Como pode ser tão exato....
Lindo...não da pra escapar...

quisera eu pudese :( ..será


Lindo Post mais uma vez amnezita

bjuss