12 de agosto de 2009

Último outono


A primavera ensaia vinda
Mesmo com este outuno opondo-se ao inverno
O outuno este ano está longo demais.

Mesmo se eu levasse toda a vida
descrevendo-o
Linha à linha
Faltariam os olhares
Os detalhes
Até mesmo os cheiros de abraço

A pureza que me fora roubada
Aniquilou com o frio deste inverno
Que envergonhado depois da confusão
Almeja agora uma estação com flores
Mesmo que sejam das mais opacas

Nunca mais as folhas cairão normalmente no chão...
Terão toda uma beleza particularmente triste.

Amne

Um comentário:

Mystica Lyn disse...

e a primavera tras consigo ,cheiro ,cores e sabores q vc ainda não experimentou..curtaa nova estação =)

belos poemas!


um beijo bem grande!