15 de setembro de 2009

Cuidado com teus sonhos


Tem dias que nada tem graça
Tem dias que a vida me roe
Tem dias que tudo dói...

O mínimo movimento de uma pluma
traz à tona a tempestiva capacidade vulcânica do meu caos.
Sigo tentando me acompanhar
gerando até alguma emoção

Tento me convencer que tudo me vale
então me acolho entre meus pensamentos
que me conduzem pelas mãos.
A gente tem cada idéia!?!

O que falar de uma menina,
e sua vasta sabedoria pós-guerras?

Porque não é só pra mim que é assim
Chico diria pra gente:
Tem dias que a gente se sente como quem partiu ou morreu
a gente estancou de repente
ou foi o mundo então que cresceu ...


Tem dias que a gente sente
tudo junto e ao mesmo tempo
deve ser coisa da gente
que anda sentindo tudo ao contrário...
Amne

Mas tudo bem, porque segundo GIL :
" minha alma cheira a talco
Como bumbum de bebê, de bebê
Minha aura clara, só quem é clarividente pode ver
Pode ver
..."

Poesia:Amne
Co-autoria: Rodrigo Bentancurt
Músicas Chico Buarque e Gilberto Gil
Imagem: Olhares.com

3 comentários:

João disse...

De vez em quando agente fica tão á flor da pele que que qualquer beijo de novela nos faz chorar, poesia bonita e triste , como sempre são as coisas perfeitas.

Rodrigo Bentancurt disse...

Eu terminaria com: "tem dias que a gente se sente como quem partiu ou morreu, a gente estancou de repente ou foi o mundo então que cresceu"

Rodrigo Bentancurt disse...

Vou exigir co-autoria...hehehe